Editora gaúcha busca escritores para livro de contos e crônicas sobre quarentena

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Valor arrecadado com a obra será destinado a instituições sem fins lucrativos

A editora gaúcha Palavra Bordada criou uma ação para incentivar a escrita, a leitura e a solidariedade durante esse período de reclusão social. Intitulado Quarentena Criativa, o projeto prevê a elaboração de um livro digital com contos e crônicas sobre o tema, escritos por diferentes autores. A editora está fazendo a seleção de escritores até 25 de abril.

Maribel Lindenau, Camila Provenzi e Carolina Rocha comandam a editora. Foto: Carlos Macedo

Pensado para comemorar os cinco anos da Palavra Bordada, editora gaúcha especializada em biografias e memórias institucionais, o Quarentena Criativa prevê o lançamento da publicação até o final de abril. A partir dos textos recebidos, a editora fará a curadoria, a preparação dos textos, a revisão, a edição, o projeto gráfico, a diagramação e os registros. A obra será vendida na Amazon.com, principal canal de venda de livros digitais do país. Todos os serviços realizados pela Palavra Bordada serão voluntários, ou seja, não serão remunerados pela comercialização do e-book.

Todo o valor recebido pela venda dos livros digitais, será repassado ao Centro de Educação Profissional São João Calábria, instituição sem fins lucrativos de Porto Alegre (RS) que oferece cursos de qualificação profissional para jovens de 16 a 22 anos e realiza projetos sociais.

Se interessou? Para participar da curadoria de escritores envie uma crônica ou conto inédito para contato@palavrabordada.com.br. A temática dos textos deve girar em torno das questões relacionadas à quarentena, momentos de isolamento, de crise e cuidados especiais.

O texto deve ter até cinco páginas em formato A4, margens de 3 cm, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento de linha 1,5. Os selecionados deverão assinar um Termo de Cessão de Direitos, para que os valores arrecadados com a venda do livro sejam destinados para a entidade auxiliada pelo projeto. Mais informações no site www.palavrabordada.com.br/quarentena-criativa.

Informações via assessoria de imprensa