Gramado já debate ações de retomada do turismo

Foto de Andressa Griffante / Passageira.com.br

A infraestrutura de Turismo em Gramado, na Serra Gaúcha, debate ações de retomada. Como consequência das chuvas intensas no Estado, a cidade sofreu com o desmoronamento da rua Henrique Bertoluci no dia 12. A via que sofreu o deslizamento fica na Piratini, um bairro residencial de Gramado, afastado da parte turística e dos hotéis da cidade. A via já estava sendo monitorada e os moradores já haviam deixado o perímetro.

De acordo com a CEO da Brocker Turismo, Adriane Brocker Boeira Guimarães, uma das principais empresas de transporte, passeios e atrativos turísticos da Serra Gaúcha, um encontro na tarde de segunda-feira, 13, com o trade local e autoridades debateu a criação de ações para retomar o turismo. “Já estamos comunicando e pedindo a compreensão para que os turistas não cancelem suas viagens e sim remarquem para datas futuras, mas também estamos trabalhando em roteiros diferenciados, pacotes e ações para o segundo semestre”.

Embora algumas vias estejam comprometidas, há rotas de acesso para Serra Gaúcha e outros aeroportos em funcionamento até a normalização do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. No momento, alguns parques e atrativos estão funcionando normalmente, enquanto outros programaram sua reabertura ao longo do mês de maio e junho.

Atualmente, as melhores maneiras de chegar aos destinos da Serra Gaúcha via aérea são pelo Aeroporto de Caxias do Sul e pelo Aeroporto de Florianópolis. A Brocker segue realizando os transfers para essas cidades, de forma privativa neste momento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Passageira

A Passageira

Andressa Griffante é Jornalista, especialista em Marketing de Conteúdo e Influência, e uma viajante apaixonada por arte, história e cultura. Acredita que os lugares e as pessoas tem muito para nos ensinar, e que nem sempre precisamos ir longe para aprender com o mundo.

Que valoriza a liberdade de viajar sozinha e o aprendizado de se perder de vez em quando. Gosta de planejar cada passo de uma viagem com antecedência, mas às vezes se joga numa trip de última hora. Quer aproveitar a vida ao máximo e compartilhar seus caminhos, afinal, estamos todos aqui de passagem…