Longa Gaúcho “Uma Vez em Veneza” estreia em Porto Alegre

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentado internacionalmente como “uma carta de amor para esta icônica cidade” pela revista norte-americana Variety e elogiado por publicações como Forbes, Mundo Diners, Semana e outros, o longa – uma coprodução entre Brasil, Alemanha, Itália, Colômbia e Estados Unidos – fica em cartaz a partir do dia 9 de dezembro no renovado Cine Grand Café (antigo Cine Guion), em Porto Alegre.

“Uma Vez em Veneza”, da produtora Zapata Filmes, é protagonizado pela atriz brasileira Bellatrix Serra (Maria) e o ator alemão Peter Ketnath (Max), que une a beleza e singularidade da icônica cidade italiana, que celebra 1600 anos de história em 2021, com a modernidade de um novo olhar para o romance, focado em viver o momento presente e deixar fluir as emoções.

Com belíssima fotografia e música, o filme transporta o espectador a uma visita por uma Veneza pré-pandemia, com a cidade pulsante de turistas, seus moradores e suas ruelas surpreendentes, que passam muitas vezes despercebidas por quem conhece a cidade pela primeira vez.

“Nossa proposta era mostrar uma Veneza distante do olhar turístico, desconstruir esse imaginário clichê e o padrão de romance que idealizamos neste tipo de lugar, nos permitindo revelar uma cidade mais íntima e privada, e uma história pouco convencional” destaca o diretor colombiano Juan Zapata.

Mais do que uma declaração de amor à Veneza, o filme presta homenagem a diversas vertentes artísticas da Itália. A arquitetura está muito bem representada na riqueza de imagens, capturadas graças a parceria inédita entre Zapata Filmes com a empresa multinacional Canon.

A trilha sonora é um dos maiores destaques desta produção, incluindo autores ilustres da música italiana, como Antonio Vivaldi, Giuseppe Verdi e Amilcare Ponchielli, além da renomada cantora Nilla Pizzi, assim como uma versão inédita do clássico americano “Cry me a River”. A produção gaúcha valorizou a qualidade das orquestras locais incluindo interpretações da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e da Orquestra da Câmara da Ulbra. O filme traz também a participação de obras do escultor italiano Lorenzo Quinn, filho do ator Anthony Quinn, que unem a temática atual das mudanças climáticas as imagens de mãos delicadamente desenhadas inspiradas nos famosos artistas italianos Michelangelo, Bernini e Rodin, dialogando e interagindo com a plasticidade estética do filme.

“Uma Vez em Veneza” vem fazendo uma trajetória internacional destacada comercialmente em salas de cinema, com distribuição até hoje em 5 países e ótima receptividade do público em mais de 16 cidades. No circuito de festivais, teve sua premiere mundial em julho na Itália, no badalado festival de Ischia e logo transitou por outros destacados festivais como Viña del Mar y Trieste.

“Mesmo sendo um projeto independente de baixo orçamento, conseguimos atingir uma ótima projeção internacional juntando um cenário único como Veneza, criatividade, uma trilha sonora bem selecionada e uma talentosa equipe internacional, onde predomina o talento gaúcho, criando um produto com excelente custo-benefício”. Explica o produtor norte-americano Douglas Limbach.

Sinopse

Essa é a história de Max e Maria, dois estranhos que se conhecem num hotel no Norte da Itália. Estando Veneza distante apenas uma curta viagem de trem, Maria convence Max a passar o dia com ela naquela que ela considera ser “a cidade mais romântica do mundo”.

O que começa como uma viagem espontânea torna-se um conto divertido e lúdico de amor impossível e outras ironias emocionais de adultos contemporâneos.

LINKS:

TRAILER OFICIAL (Leg. Port): https://www.youtube.com/watch?v=O_Rs0pVWG3U&t=2s

SITE OFICIAL: https://wheninvenicefilm.com/info-pt/

Ficha Técnica:
Elenco: Bellatrix Serra e Peter Ketnath
Roteiro: Juan Zapata, Bellatrix Serra e Peter Ketnath
Diretor: Juan Zapata
Produtores: Douglas Limbach, DaélLinke e Juan Zapata
Produção executiva: Douglas Limbach, Juan Zapata, Peter Ketnath e DaélLinke
Diretor de Fotografia: Pablo Chasseraux
Música: David Murillo R.
Editor: Vinicius Fontoura
Desenho de áudio: André Sittoni
Produção: Zapata Filmes
Co-produção: Cinezebra (Alemanha)

Produtores associados: BWT-NY, LinkenheimParticipacõesSocietarias, Toros Filmes, Black Soda, Rosa Helena Filchtiner Figueiredo, Cristiano Brum, Edgar MartínezLondoño, David Murillo R., Bellatrix Serra, Pablo Chasseraux, André Sittoni, Simon Espelund Hansen, Luciano Fontoura Barros, Emily Limbach, Karina Jury, Rafael Rhoden, Luciana Filchtiner Figueiredo, Eduardo Bozzetto e Alejandro Millan.