O conto “Drive my car”, de Haruki Murakami, e sua versão cinematográfica em debate no Instituto Ling

Crédito da foto: Reprodução

Instituto Ling volta a receber o jornalista e crítico de cinema Roger Lerina e a participação remota, direto da Argentina, do escritor, tradutor e poeta Pedro Gonzaga na próxima terça-feira, dia 25 de junho, às 19h30, para a segunda edição deste ano do projeto Adaptação: entre a Literatura e o Cinema. Desta vez, o tema será o conto Drive my car, do livro Homens sem mulheres (2014), escrito pelo japonês Haruki Murakami, e a versão cinematográfica homônima, do diretor Ryusuke Hamaguchi, vencedora dos prêmios de Melhor Roteiro, em Cannes (2021), e do Oscar de Melhor Filme Internacional (2022).

No evento, serão debatidas as diferenças e as semelhanças que aproximam e afastam essas distintas formas de narrativa, enquanto são destacados os principais pontos da trama. A história apresenta Yusuke, um diretor de teatro que, após a morte de sua esposa, é designado para dirigir uma produção de Tchekhov. Ele contrata uma motorista para levá-lo aos ensaios, e a convivência entre eles acaba desencadeando uma série de revelações sobre seu passado e seus relacionamentos.

Os ingressos para a atividade custam R$ 39,60 no valor inteiro e R$ 19,80 para quem tem direito a meia-entrada e podem ser adquiridos no site www.institutoling.org.br e na recepção do centro cultural (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras). Para a experiência completa da programação, é recomendado, mas não obrigatório, que o público leia o livro, à venda nos sites da Amazon, Companhia das Letras e Google Livros, e assista ao filme, disponível para assinantes da Mubi, Netflix, Amazon Prime Video e Apple TV.

O projeto Adaptação: entre a Literatura e o Cinema tem realização do Instituto Ling e do Ministério da Cultura/Governo Federal, com patrocínio da Crown Embalagens.

Sobre os ministrantes

Pedro Gonzaga é professor, tradutor, poeta e escritor. Doutor em literatura pela UFRGS, com diversas publicações em poesia e prosa, desenvolve há anos trabalhos com turmas de escrita criativa, voltadas para o público adulto. Atualmente, é cronista dos jornais Zero Hora e O Estado de S. Paulo.

Roger Lerina é jornalista cultural, integrante da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e atua como repórter e crítico de cinema no Canal Brasil. É editor do site www.rogerlerina.com.br, uma plataforma dedicada a notícias, artigos e vídeos sobre cinema, artes cênicas, música, artes visuais e eventos culturais.

SERVIÇO
Adaptação: entre a Literatura e o Cinema | Drive my car
Com o jornalista Roger Lerina e o escritor Pedro Gonzaga
Dia 25 de junho, terça-feira, às 19h30
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Ingressos
R$ 19,80 meia-entrada
R$ 39,60 inteira

Pontos de venda
Site: www.institutoling.org.br
Recepção do Instituto Ling: de segunda a sábado, das 10h30 às 20h

Para a experiência completa da programação, é recomendado, mas não obrigatório, que o público leia o livro, à venda no site da Amazon, Companhia das Letras e Google Livros, e assista ao filme, disponível para assinantes da Mubi, Netflix, Amazon Prime Video e Apple TV.

O Instituto Ling está empenhado em proporcionar uma experiência acessível e inclusiva a todos os seus visitantes. Esta programação oferece a possibilidade de contratação de intérprete de Libras. Quem precisar do serviço pode sinalizar no momento da compra do ingresso.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Passageira

A Passageira

Andressa Griffante é Jornalista, especialista em Marketing de Conteúdo e Influência, e uma viajante apaixonada por arte, história e cultura. Acredita que os lugares e as pessoas tem muito para nos ensinar, e que nem sempre precisamos ir longe para aprender com o mundo.

Que valoriza a liberdade de viajar sozinha e o aprendizado de se perder de vez em quando. Gosta de planejar cada passo de uma viagem com antecedência, mas às vezes se joga numa trip de última hora. Quer aproveitar a vida ao máximo e compartilhar seus caminhos, afinal, estamos todos aqui de passagem…