Projeto online Diálogos Temáticos Cida Cultural - Edição Museus

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

O projeto “Diálogos Temáticos Cida Cultural – Edição Museus” promove sua última atividade em 14 de julho, às 19h. A live derradeira da série de debates on-line sobre os setores de acervo e patrimônio tem como mote gestão, e coloca na pauta os exemplos do Parque Lage (RJ) e da Fundação Iberê Camargo. Participam do encontro virtual, além da mediadora Bianca Knaak (professora e pesquisadora do Instituto de Artes da UFRGS): Yole Mendonça (professora da Associação Brasileira de Gestão Cultural (ABGC) — Universidade Cândido Mendes (RJ) — e diretora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage) e Emilio Kalil (gestor cultural e superintendente da Fundação Iberê Camargo).

Interessados precisam apenas acessar o YouTube da Cida Cultural gratuitamente no horário marcado para o bate-papo.

“O mundo passa hoje pela urgente necessidade de se redefinir e se reinventar. E os museus, como catalisadores das experiências da humanidade ao longo dos tempos, têm um importante papel. Muito mais do que preservar e salvaguardar o patrimônio material e imaterial para as futuras gerações, os museus hoje têm o papel de questionar, revelar e reparar séculos de violência e apagamento da cultura e da memória de povos e comunidades. Espaços como os Diálogos Temáticos Cida Cultural são essenciais para trazer a complexidade dessa discussão à tona”, ressalta Yole Mendonça.

A diretora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage fala, ainda, sobre o tema da live de 14 de julho, que é gestão:

“O gestor é o maestro de uma organização. Ele dá o tom, ele cria o ambiente para que as melhores decisões para a administração dos espaços culturais sejam tomadas e executadas, mas é essencial entender que, na verdade, seu papel é construir um ambiente colaborativo nesses espaços. Um ambiente onde todos saibam onde querem chegar e da importância do seu papel para que isso aconteça. Na gestão de um museu a experiência do museólogo deve se somar a do educador, a do recepcionista, a do público e a do responsável pela manutenção do espaço. Os bons gestores sabem ouvir, avaliar e criar as condições para se construir um ambiente onde todos se comprometem com a solução.”

A busca por impulsionar e fortalecer uma rede colaborativa de equipes, ampliando as práticas de autogestão e colaboração entre profissionais das áreas de museus e cultura, é uma das metas dos “Diálogos Temáticos Cida Cultural — Edição Museus”.

Acesse nossas redes sociais e fique atualizado sobre este e outros projetos de Cida Cultural:

Facebook: www.facebook.com/culturalcida

Instagram: www.instagram.com/cidacultural/

Youtube: https://bit.ly/YTCidaCultural

Saiba mais sobre os convidados: 

Bianca Knaak: Professora e pesquisadora do Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IA — UFRGS). Artista, crítica e curadora sazonal, integra o Comitê Brasileiro de História da Arte (CBHA). Dirigiu o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MAC) e o Instituto Estadual de Artes Visuais (IEAVi), bem como já integrou a Comissão de Acervo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) e a Comissão Técnica Permanente de Gerenciamento e Avaliação das Obras de Arte, Monumentos e Marcos Comemorativos (COMARP) de Porto Alegre. Atualmente estuda, principalmente, as relações sistêmicas da arte brasileira contemporânea por meio de curadorias, grandes exposições, projetos museológicos e de institucionalização da arte.

Emilio Kalil: Jornalista formado pela PUCRS. Foi diretor do Grupo Corpo (1978 a 88), diretor do Teatro Municipal de São Paulo e do Rio de Janeiro, produtor e diretor de eventos paralelos da Bienal de São Paulo, secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro e presidente da Fundação Cidade das Artes. Foi, ainda, produtor da Exposição Brasil 500 anos. Assumiu a Fundação Iberê Camargo em 2018.

Yole Mendonça: Mestre em Bens Culturais e Projetos Sociais pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getulio Vargas (Cdpoc/FGV). Jornalista pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), possui MBA em Marketing pela Instituto de Administração Coppead (UFRJ) e MBA Executivo pela FGV. É Coordenadora de Conteúdo e Professora do MBA em Gestão e Produção Cultural da Associação Brasileira de Gestão Cultural (ABGC/Universidade Cândido Mendes – RJ). Trabalhou no Banco do Brasil como Executiva na Diretoria de Marketing. Inaugurou o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) São Paulo e dirigiu o CCBB Rio. Foi Secretária Executiva da Secretaria de Comunicação da Presidência da República e Secretária de Comunicação Integrada, respondendo pela comunicação, patrocínios e eventos presidenciais e pela coordenação com os Ministérios (2008/2012).

Serviço:

Data: 14 de julho, às 19h

Tema: Gestão / Parque Lage e Fundação Iberê Camargo

Convidados: Yole Mendonça (coordenadora de conteúdo e professora da Associação Brasileira de Gestão Cultural (ABGC) — Universidade Cândido Mendes (RJ) —, diretora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage) e Emilio Kalil (gestor cultural e superintendente da Fundação Iberê Camargo)

Mediadora: Bianca Knaak (professora e pesquisadora do Instituto de Artes da UFRGS)