“Terra sem Mapa” celebra um ano com apresentações na Zona Cultural

Terra sem Mapa. Fotos de Adriana Marchiori.

Após um ano de sua estreia, em maio de 2023, o espetáculo Terra sem Mapa retorna ao espaço onde iniciou sua trajetória nos palcos da cidade, com temporada na Zona Cultural a partir de 14 de junho. Vencedor do Açorianos de Melhor Ator, o projeto conta com programação especial, que promoverá conversa com Guacira Lopes Louro, além de ações beneficentes que terão renda revertida para coletivos de artistas e a cozinha solidária da Azenha.

Dois personagens, Vrum e Luba, interpretados por Sergio Lulkin e Mirna Spritzer, estão no porto, diante de um navio que parte ao desconhecido. Exilados, atravessam os longos caminhos da memória. Habitantes de diásporas sem fim, recordam fragmentos de uma história passada: lendas, fotos, cartas, canções. Praguejam e dançam. É hora de partir, eles embarcam em direção a uma terra sem mapa. Prometem retornar daqui a 200 anos.

Terra sem Mapa traz o tema fundamental da migração. Travessias e exílios em sua maior parte em busca de sobrevivência de populações ameaçadas por guerras, fome e perseguições. Gente que, ontem e hoje, se lança ao mundo sem garantia de conseguir viver, pela esperança de um novo lar. Migrantes ou refugiados, exilados ou escravizados, são pessoas que fizeram e fazem a história desta que hoje consideramos a Nação Brasileira. No espetáculo, dois narradores procuram reviver tantas memórias suas e de outros, histórias de quem partiu e de quem aqui chegou. E de também dos que se perderam.  Viajantes de um tempo imaginado esses personagens trazem à tona uma trama de existências que que poderiam ser as de muitas famílias e que fazem com que o público se sinta afetado em sua própria história. Poucos temas são tão candentes hoje como o movimento incessante de povos pelo mundo. São botes, barcos, navios, trens, aviões de carga.  

O espetáculo é feito de humor e melancolia, palavra e silêncio. Entre bênçãos e pragas, os personagens dançam suas lembranças e miram as estrelas, trazendo a criação teatral em sua forma essencial, os artistas em contato com o público, uma narrativa que convida o espectador a ser um ouvinte próximo. Contracenação entre eles, com a luz e com o som.

Conversa com Guacira Lopes Louro e ações beneficentes marcam a programação de aniversário

No sábado, 22 de junho, Guacira Lopes Louro participa ao lado de Mirna e Sergio de uma conversa sobre o espetáculo intitulada “Memórias, não é assim que se constrói uma história?”. Ao longo da temporada, uma lojinha com produtos com a identidade visual de Terra sem Mapa, criada por Leandro Selister, estará funcionando. Toda a venda será revertida para coletivos de artistas da Cena de porto Alegre. Já no dia 30, será promovido o Domingão da Doação, onde toda a renda da sessão deste dia será revertida em doação para a cozinha solidária da Azenha.

As apresentações ocorrem sexta e sábado às 20h e domingo às 18h até 30 de junho, com ingressos entre R$ 40,00 e R$ 80,00, à venda pela plataforma Sympla e no local. O bar e bilheteria abrem uma hora antes das sessões e a Zona Cultural conta com um cardápio de drinks, cervejas, cachaças e comidinhas deliciosas para apreciar antes e depois da peça. A Zona Cultural fica na Av. Alberto Bins, 900. 

 

Ficha Técnica

Com Mirna Spritzer e Sergio Lulkin
Criação, Dramaturgia e Direção: Mirna Spritzer e Sergio Lulkin
Colaboração Artística: Carlos Mödinger
Figurino: Rô Cortinhas
Iluminação: Ricardo Vivian
Operação de luz: Ricardo Vivian e Fabi Santos
Trilha sonora original: Gustavo Finkler
Operação de som: Luiz Manoel e Pati de La Rocha
Identidade Visual: Leandro Selister
Fotografia: Adriana Marchiori
Assessoria de imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor
Mídias Sociais: Renata Stein
Produção: Mirna Spritzer, Renata Stein e Sergio Lulkin 

Um ano de Terra sem Mapa
De 14 a 30 de junho
Sextas e sábados às 20h, Domingos às 18h
Zona Cultural – Av. Alberto Bins, 900
Ingressos pelo Sympla ou no local uma hora antes do espetáculo – https://www.sympla.com.br/evento/terra-sem-mapa/2490714

Duração: 55 minutos
Classificação: 12 anos
O bar e a bilheteria abrem sextas e sábado às 19h e domingos às 17h 

Ingressos:
R$ 80,00 inteira
R$ 40,00 meia entrada

22/6 – conversa sobre o espetáculo, com Guacira Lopes Louro, após a apresentação.
De 14 a 30 de junho, nos dias de apresentações, lojinha com produtos com a identidade visual de Terra sem Mapa, criada por Leandro Selister.
Domingão da Doação, a renda da apresentação de domingo, dia 30 de junho, às 18, será revertida em doação para a cozinha solidária da Azenha.

Informações via assessoria de imprensa 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Passageira

A Passageira

Andressa Griffante é Jornalista, especialista em Marketing de Conteúdo e Influência, e uma viajante apaixonada por arte, história e cultura. Acredita que os lugares e as pessoas tem muito para nos ensinar, e que nem sempre precisamos ir longe para aprender com o mundo.

Que valoriza a liberdade de viajar sozinha e o aprendizado de se perder de vez em quando. Gosta de planejar cada passo de uma viagem com antecedência, mas às vezes se joga numa trip de última hora. Quer aproveitar a vida ao máximo e compartilhar seus caminhos, afinal, estamos todos aqui de passagem…