Produção de morango impulsiona desenvolvimento regional

A busca constante por melhorias de parte dos produtores de morango traz como resultado, uma grande evolução das técnicas de cultivo e o ganho de qualidade nas mudas e frutas. A constatação faz parte do Censo do Morango. Uma ação pensada, conjuntamente, entre a Emater/RS, Prefeitura Municipal de Bom Princípio e a Comissão Organizadora da 19ª Festa Nacional do Moranguinho. De forma precisa e atualizada, apresenta dados relativos à cadeia produtiva do Morango. A divulgação oficial deste estudo, aconteceu durante a abertura da Safra do Moranguinho, no dia 24 de agosto de 2022, em Bom Princípio (RS).

Foto: Marcelo Foletto

Segundo os dados apurados pelo Censo, em 2022, os produtores de morango de Bom Princípio contam um milhão e 35 mil plantas de morango em produção. Com uma expectativa de colheita de aproximadamente 855 mil quilos da fruta. Outro dado importante se refere às mudas. Até poucos anos atrás, a maioria eram importadas. Hoje, 77% são nacionais. As importadas somam 19%. Sendo 7% da Espanha, 6% Argentina, 6% Chile. E ainda 4% das mudas de Bom Princípio. O morango gera aproximadamente 230 empregos diretos em Bom Princípio, impulsionando a economia e o desenvolvimento regional.

Uma característica dos produtores de morango do município é o espírito de cooperação. Com a Associação de Produtores de Morango, a Bom Morango. E uma Cooperativa de Produtores Orgânicos, a Ecomorango. Entre os entrevistados, 60% estão vinculados a uma dessas entidades. Quando se avalia a questão de gênero, percebe-se um certo equilíbrio nesta cadeia produtiva. Dos 143 agricultores familiares, 56% são homens e 44% são mulheres.

Cultivares e sistemas de condução

A principal cultivar plantada no município é a San Andreas, que corresponde a quase 2/3. Seguida pela cultivares Albion, Fronteiras e Camarosa. Em quinto lugar está a cultivar Festival, correspondendo a 3,1% das plantas. São dois sistemas de condução utilizados. O principal deles é o cultivo suspenso em substrato. Consiste em uma estrutura de proteção alta e recebe toda fertilidade, via irrigação por gotejamento. O outro sistema é o cultivo em solo com mulching plástico, protegido através de estruturas denominadas estufins, o cultivo no solo. É responsável por abrigar 24% das plantas de morango do município. Outra consideração importante, refere-se ao manejo orgânico. De acordo com o Censo, 16% das propriedades são certificadas como orgânicas. E 60% usam bioinsumos para controle de pragas e ou doenças.

Escoamento da produção

O morango produzido pelos produtores de Bom Princípio é hegemonicamente destinado ao consumo in natura, geralmente são embalados em bandejas de 200g a 300g, e tem um valor agregado por kg maior do que o morango destinado à indústria. Cerca de 85,5% da produção do Morango de Bom Princípio, é escoado às mais diversas regiões do Estado. 14,7% do morango é entregue direto do produtor para mercados de outras regiões. 34,4% são levados da propriedade direto às Centrais de Abastecimento (CEASA), tanto de Porto Alegre, quanto de Caxias do Sul. E 36,3% é vendida a terceiros que abastecem Mercados de Regiões Metropolitanas e as CEASAs. O Morango que fica na região (11,8%) geralmente se dá pela venda direta à venda direta (6,2%), colocação em mercados locais (4,8%), de pontos de venda fixos (0,3%) e de através da alimentação escolar (0,1%).

 


Informações via assessoria de imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Passageira

A Passageira

Andressa Griffante é Jornalista, especialista em Marketing de Conteúdo e Influência, e uma viajante apaixonada por arte, história e cultura. Acredita que os lugares e as pessoas tem muito para nos ensinar, e que nem sempre precisamos ir longe para aprender com o mundo.

Que valoriza a liberdade de viajar sozinha e o aprendizado de se perder de vez em quando. Gosta de planejar cada passo de uma viagem com antecedência, mas às vezes se joga numa trip de última hora. Quer aproveitar a vida ao máximo e compartilhar seus caminhos, afinal, estamos todos aqui de passagem…