Obras de Tarsila do Amaral no Masp até 28 de julho de 2019

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Recém inaugurada no Masp (Museu de Arte de São Paulo), a exposição “Tarsila Popular” – a mais ampla já dedicada à Tarsila do Amaral, reunindo 92 obras a partir de novas perspectivas, leituras e contextualizações – já está concorridíssima. Em seu segundo final de semana em cartaz, as filas davam voltas (eram 3! de quem não tinha ingresso, de quem comprou online e a fila prioritária).

A grande confusão – que pude presenciar rapidamente no último sábado, dia 13 de abril – resultou na ampliação dos horários de funcionamento do museu, ao menos nos finais de semana. Alívio para os apreciadores de arte, mas que não apreciam nem um pouco ficar 2 horas na fila pra então entrar e ter menos de uma hora pra ver a mostra antes do local encerrar as atividades do dia…

Feito o registro do lamentável ocorrido, hora de falar sobre a beleza que é estar pertinho das obras de uma das maiores pintoras brasileiras e um dos ícones da famosa Semana de Arte Moderna!

O Abapuru, A Negra, Operários, Antropofagia… entre tantas outras obras que consagraram o estilo da pintora mundialmente. Estão todos lá, no Masp, dividindo o período em cartaz com outra grande exposição, a de Lina Bo Bardi, arquiteta responsável pelo projeto do próprio museu, cartão postal paulista. Está aí uma grade chance para valorizarmos duas mulheres que entraram para a história através de suas criações e mente disruptiva.

A exposição Tarsila Popular fica no Masp até o dia 28 de julho de 2019! Pra quem nunca entrou no Masp, outro bom motivo pra visitar as exposições temporárias e a mostra permanente do local (com obras de Portinari, Van Gogh, Picasso, Renoir, entre outros).

IMG-0261

 

Outra dica: nas terças o ingresso é isento! Já de quarta a domingo o valor inteiro é de R$ 40. Nas segundas-feiras o museu fecha. Confira no site todas as informações de venda de ingressos e funcionamento: https://masp.org.br.