Como é o passeio de barco em Saltos del Moconá (ou Salto do Yucumã)

No Rio Uruguai, na fronteira entre Brasil e Argentina está o conjunto de quedas d’água mais extenso do mundo (1.800 metros). Aqui no Brasil é chamado de Salto do Yucumã, e pode ser contemplado do Parque Estadual do Turvo (que integra a @rotadoyucuma), no município de Derrubadas/RS. Já em território argentino, fica localizado no Parque Provincial del Moconá (@parquesaltosdelmocona), no município de San Pedro, na província de Misiones.

Embora o lado brasileiro possua vista privilegiada para as quedas, é na Argentina que encontramos maior variedade de infraestrutura, atividades, hospedagens e passeios integrados ao atrativo turístico. E uma das atividades mais procuradas é o passeio náutico do Parque Provincial del Moconá.

Realizei o passeio em janeiro deste ano e deixo neste post algumas dicas para quem deseja conhecer o local. Já adianto: alguns documentos e dinheiro em espécie são necessários para a travessia de balsa. Também é bom se atentar para a lotação dos hotéis e pousadas mais concorridas. Organizar sua viagem realizando as reservas e ingressos com certa antecedência vai garantir uma experiência sem inconvenientes. 

O que preciso para realizar a travessia de Porto Soberbo (BR) a El Soberbio (ARG)?

O Parque Provincial del Moconá se encontra dentro da “Reserva de la Biosfera Yabotí”, na região central da província de Misiones, no município de San Pedro. Do Brasil, o acesso mais próximo a esta cidade argentina, é realizado atravessando o Rio Uruguai, em balsa que conecta a localidade de Porto Soberbo, em Tiradentes do Sul/RS com El Soberbio (Misiones – Argentina).

A balsa funciona de segunda a sábado (horários de funcionamento abaixo) levando não apenas pedestres, mas também motos, carros e caminhonetes. Para este deslocamento é necessário apresentar a Carta Verde  – um seguro obrigatório para turistas que desejam entrar no país vizinho com seu veículo pessoal. Esta é uma forma de garantir que os viajantes tenham cobertura em caso de acidentes ou danos causados a terceiros durante sua estadia no destino.

Em Porto Soberbo, a fila de carros aguarda a travessia. É possível comprar a Carta Verde no local.

A Carta Verde pode ser adquirida pouco antes de entrar na balsa, ainda do lado brasileiro, apresentando os documentos de propriedade do veículo. Em janeiro de 2023 custou R$45 com validade de até 3 dias. 

Já a travessia de balsa custa de R$25 (carros pequenos) a R$30 (caminhonetes), incluindo o valor do motorista. E o valor por passageiro custa R$10. O pagamento é feito no local apenas em dinheiro (Reais ou Pesos Argentinos). Ainda em Porto Soberbo há locais para a compra de moeda argentina.

Para entrar na Argentina também é imprescindível apresentar carteira de identidade ou passaporte. Não é necessário visto, uma vez que os países são membros do Mercosul.

El Soberbio (Misiones), de onde partimos em território argentino pela estrada que dá acesso ao Parque del Moconá.

Outras dicas e informações úteis para a travessia de Porto Soberbo a El Soberbio:

  • Prepare-se para chegar cedo para a travessia, especialmente em finais de semana e feriados, pois costuma se formar uma fila bastante grande de carros;
  • Lembre-se que a balsa não funciona aos domingos e também pode suspender operações por questões climáticas. Em dias de muita chuva o rio enche demais e impossibilita o seu deslocamento;
  • Porto Soberbo é uma cidade muito pequena do interior do Rio Grande do Sul e que mantém muito de seu comércio em função das pessoas que realizam a travessia todos os dias. Você conta com mercadinhos e barzinhos se tiver que fazer tempo ou quiser comer alguma coisa enquanto espera a balsa, mas são todos muito simples.
  • Não espere também grande estrutura de onde se realiza o embarque. Há apenas uma estrada que dá acesso à balsa e um guichê onde é feita a venda das passagens. 
  • Há apenas 1 balsa realizando os deslocamentos de ida e volta. O tempo que ela leva para ir e voltar é de aproximadamente 15 minutos. Cabem cerca de 8 carros por vez. 

Confira os horários de funcionamento da balsa:
– De seg a sex a balsa funciona das 8h15 às 11h15 e das 14h15 às 17h15
– Nos sábados e feriados das 8h45 às 11h15 e das 14h45 às 17h15
⚠️Balsa não funciona aos domingos
Mais informações na aduana de Porto Soberbo pelo telefone (55) 3522-2299.

 

Chegando em El Soberbio onde se hospedar e como fazer para ir até o Parque del Moconá?

Ao descer da balsa em El Soberbio ainda é necessário percorrer aproximadamente 60km até o parque provincial. A estrada em boas condições também possui belas paisagens da “Selva Misionera” e mirantes em que é possível contemplar a grandeza do Rio Uruguai e a divisa dos países. 

É possível chegar ao parque de ônibus, através da empresa Crucero del Norte que opera a rota El Soberbio-Mocona. Mas a maior parte dos visitantes brasileiros chega ao local com veículo próprio e faz o trajeto por conta. Muitos, para aproveitar melhor a viagem, acabam se hospedando em uma das tantas opções de estadia nesta região. Você pode conferir algumas opções de hospedagem neste link do turismo de El Soberbio

O La Mision Moconá é uma das hospedagens em El Soberbio. Foi onde me hospedei e recomendo! (Em breve farei post específico sobre esta estadia)

O Parque Provincial del Moconá e o famoso passeio náutico

O ingresso para estrangeiros no Parque Saltos del Moconá foi de ARG 1.000 em janeiro de 2023, porém vale conferir nas redes sociais oficiais do parque os valores, bem como o horário de funcionamento, antes de você ir pra lá, já que estas informações de serviço podem ser alteradas a cada temporada.  

Uma vez dentro do parque, o passeio de lancha deve ser adquirido à parte (não é possível reserva prévia, ocorre no parque por ordem de chegada na bilheteria do centro de visitantes). Quando fiz o passeio, em janeiro de 2023, o ingresso para estrangeiros foi de ARG 4.200. O passeio de lancha que sai do Parque Provincial del Moconá é a única alternativa para quem está em território argentino de avistar a maior queda em extensão do mundo, Saltos del Moconá (Salto do Yucumã do lado brasileiro).

Importante: É bom lembrar que este passeio náutico está sujeito a cancelamento devido a alterações fluviais e climáticas. E os horários de funcionamento do passeio não são os mesmos de abertura e fechamento do parque. A primeira embarcação geralmente sai às 10h15 e a última às 16h45min. 

Como este é um dos principais atrativos, geralmente a fila para comprar o ingresso é grande. Portanto, sugiro que logo ao chegar no parque você já se dirija ao guichê para garantir seu passeio!

São várias lanchas realizando o trajeto, todos os passageiros recebem colete salva-vidas e cada passeio dura em média 20 minutos. Prepare-se para se molhar bastante e aproveite cada minuto, pois passa rápido!

No passeio é possível chegar bem perto das quedas e ter melhor noção da sua grandiosidade! Os saltos se dão ao longo de 1.800 metros (o maior em extensão do mundo) e atingem uma altura de até 20 metros.

Antes e após o seu passeio ainda é possível aproveitar as demais atividades do parque, como museu, trilhas, ou mesmo o restaurante – que possui uma ampla variedade de opções e um ambiente super agradável.

Quer ver o Salto do Yucumã do lado brasileiro?

Não quer ou não tem tempo de realizar a travessia até o lado argentino e deseja apreciar a maior queda longitudinal do mundo aqui do Brasil? Então seu destino é o Parque Estadual do Turvo, no município de Derrubadas/RS. E para garantir uma experiência completa, acesse o site da Rota do Yucumã, para conhecer este e outros roteiros rurais na região.

Ficou com alguma dúvida ou deseja ajuda para seu roteiro?

Escreva para contato@passageira.com.br ou manda mensagem lá pelo Instagram @andressagriffante que farei o possível para ajudar 🙂

4 Comments

  1. carlos

    Estou planejando uma visita ao Salto Yucuma e saltos del Mocona em Abril de 2024

    estarei de moto com amigos voltando da argentina .

    nossa intenção é voltar por resistência na argentina ate el soberbio dormir e fazer a visita no outro dia pela manha sera dia 10/4/24 estimado

    Minha pergunta seria :

    1) se pode visitar o salto yucoma partindo de el Soberbio do lado argentino chegando em moto próximo so salto yucumã e ai fazer o passei de barco .

    2) se pode fazer aduana e tem fronteira para entrar no Brasil por El soberbio

    grato Carlos

    1. Andressa Griffante

      Oi Carlos!
      Sim, El Soberbio é a cidade com estrutura de serviços mais próxima do Parque. Fica a 63km de distância pela ruta provincial Nº 2. Do lado argentino, pelo Parque Provincial Moconá, se consegue realizar o passeio de barco. Do lado brasileiro NÃO HÁ este passeio.
      Para atravessar para o Brasil, é por El Soberbio sim. Aqui estão informações sobre os horários: https://www.argentina.gob.ar/seguridad/pasosinternacionales/detalle/rio/87/Puerto-El-Soberbio-Porto-Soberbo. No domingo não há travessia.
      Um ótimo passeio para vocês! Aproveitem!

  2. Luis Di Paola Jr.

    Do lado brasileiro tem quedas d’agua?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Passageira

A Passageira

Andressa Griffante é Jornalista, especialista em Marketing de Conteúdo e Influência, e uma viajante apaixonada por arte, história e cultura. Acredita que os lugares e as pessoas tem muito para nos ensinar, e que nem sempre precisamos ir longe para aprender com o mundo.

Que valoriza a liberdade de viajar sozinha e o aprendizado de se perder de vez em quando. Gosta de planejar cada passo de uma viagem com antecedência, mas às vezes se joga numa trip de última hora. Quer aproveitar a vida ao máximo e compartilhar seus caminhos, afinal, estamos todos aqui de passagem…