Cotia - SP: cidade hospitaleira e rica em história

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

A cidade de Cotia, no estado de São Paulo, conta com 323 mil km² de extensão e tem cravada em seu território a Reserva Florestal do Morro Grande, uma das maiores representações naturais da região e que ocupa um terço do território cotiano. Um destino que demonstra em cada ponto uma riqueza histórica, cultural e belezas naturais. O destino é um dos expositores durante o Festuris Connection Top Performer, evento sobre transformação digital e marketing no turismo que ocorre de 6 a 7 de maio em Gramado.

O município conta com toda a pujança, charme e bom gosto do roteiro gastronômico da Granja Viana. Some-se a isso pontos de lazer, parques e a riqueza histórica de lugares como o Sítio do Mandu e o Sítio do Padre Inácio, ambos tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). 

“Cotia é uma cidade hospitaleira, pois reúne disponibilidade de instalações e meios físicos que garantem esse acesso, já que estamos próximos a grandes cidades como São Paulo e temos fácil acesso por importantes rodovias como a Raposo Tavares, Ayrton Senna, Rodoanel Mario Covas, Bunjiro Nakao, entre outras”, destacou o secretário de Turismo, Nelson Broering.

Entre os pontos turísticos em Cotia, podem ser destacados: o Parque Cemucan, o Arautos do Evangelho, Igreja Matriz de Cotia, Templo Zu Lai, Kartódromo Internacional Granja Viana, Capela dos Pires de Conceição de Caucaia do Alto, Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição de Caucaia do Alto, Carmelo do Imaculado Coração de Maria e Santa Terezinha do Menino Jesus.

O município conta ainda com a Praça Japonesa, o Templo Budista Tibetano Odsal Ling, Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Paróquia de Santo Antônio, Paróquia de Santo Antônio e Nossa Senhora do Carmo, Estádio Municipal Euclides de Almeida, Sítio Moinho Velho, Represa Pedro Beicht, Parque Tizo, Parque das Nascentes, Cachoeira Furquim e Cachoeira Rincão. Além de pesqueiros, parques ecológicos e fazendinhas ao longo da estrada de Caucaia do Alto e rodovia Bunjiro Nakao.

 

Clique aqui para saber mais sobre o destino >>