Em Buenos Aires, estenda o passeio até o Delta do Tigre!

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Distante 50 minutos de Buenos Aires, na região norte da cidade, está o Delta do Tigre, área de preservação ambiental, cercada por braços de rio na foz do rio Paraná. O passeio é perfeito para o Verão e barato. Claro que existem diversos pacotes de passeios que podem levar você de Buenos Aires até lá, incluindo tour de barco de 1 hora ou mais. No meu caso, utilizei somente transporte público para chegar ao Tigre e também para circular por lá e conhecer um pouco da ilha Três Bocas.

20160126_150340

Ao todo com transporte gastei ARG$105,00, o equivalente a R$ 30,00, ida e volta. Saindo de San Telmo, tomando um Subte (5,00 pesos) até a estação de trem (em Retiro) e de trem (6,00 pesos) até o Tigre. Lá escolhi, por indicação dos guias turísticos locais, a opção de passeio de barco (83,00 pesos – ida e volta) de 30 min até a ilha Três Bocas, podendo descer e conhecer a ilha. A outra opção seria um tour de 1 hora, em que a embarcação circula em outros locais do Delta, mas sem parada.

20160126_150334

O tempo inteiro de passeio foi de 3 horas, pois ao chegar em Três Bocas, eu, minha amiga que viajava comigo e nosso companheiro de hostel australiano, decidimos trilhar a ilha calmamente, com direito a parada pra fotos e outra pra uma cervejinha gelada. Aliviados do calorão, voltamos para o centro de Tigre e já seguimos direto pra estação de trem para então fazer o mesmo caminho de volta.

20160126_180550

20160126_180247

No centro de Tigre, à beira do rio, existem inúmeros bares e restaurantes, um parque de diversões e outro parque aquático. Não tive oportunidade de passar a noite por lá, mas a cidade me pareceu ter uma vida noturna agitada! No Puerto de Frutos, vários stands com artesanatos, muitos artigos de decoração e outros bares e pequenos mercados.

IMG-20160128-WA0062

Com mais tempo (e dinheiro), gostaria de voltar ao Tigre e fazer outros passeios, adentrando para as áreas mais fechadas do Delta. Existem diversas opções de tours, inclusive em embarcações com melhor infraestrutura e privadas. O local realmente é lindo, tranquilo, e em uma tarde pude conhecer apenas parte de tudo o que o Tigre pode proporcionar aos turistas. Mas já valeu a pena!