Roteiros para aproveitar a Vindima na Serra Gaúcha

Compartilhe esta página
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Aqui vai mais uma dica de Serra Gaúcha! 

É impressionante como mesmo nós, gaúchos, estamos sempre descobrindo algo novo pra se fazer na região serrana. Lá tem programação o ano todo! E pra quem pensava que viajar pra Serra e degustar bons vinhos no Vale dos Vinhedos era coisa pra se aproveitar apenas no inverno, se engana…

O período de janeiro a março é o mais esperado do ano nas vinícolas de lá! Esta é a época de Vindima, ou seja, colheita da uva. E se torna mais uma oportunidade de envolver os turistas no universo do vinho.

Em Bento Gonçalves, a agência de turismo local, Giordani Turismo, criou pacotes com experiências diversificadas e rotas para viajantes de todas as idades. E eu pude vivenciar uma delas, visitando três vinícolas surpreendentes, de portes diferentes, mas todas com muita história, vinhos premiados e um atendimento maravilhoso aos visitantes.

A primeira parada foi na vinícola Cristófoli. Quem recepciona é uma das proprietárias, explicando a trajetória do empreendimento familiar, que passa de geração para geração. Ali, o ponto alto é a refeição em meio aos parreirais. Em tempo chuvoso (como foi o meu caso), o almoço acontece dentro da vinícola, o que não tira o encanto da experiência.

Chegando na vinícola Cristófoli, em Bento Gonçalves
Chegando na vinícola Cristófoli, em Bento Gonçalves

 

Petiscos antes do almoço. na vinícola Cristófoli.
Petiscos antes do almoço. na vinícola Cristófoli.

 

IMG_20190119_130323_684
A sequência de pratos do almoço foi harmonizado com vinhos e espumantes da casa.

 

IMG_20190119_115213374
Mesas montadas dentro do laboratório da vinícola. Quando o clima está ensolarado, a refeição acontece em meio aos parreirais.

Seguindo a rota, a segunda visita foi à vinícola Salton. A marca, reconhecida nacionalmente, produz cerca de 24 garrafas por hora, num casarão grande e bem equipado. O espaço alia a modernidade de uma empresa que tem seus produtos presentes em diversos países ao clima bucólico de cidade do interior. Além da grande quantidade de maquinário e tecnologia de ponta, com também com um restaurante estilo taberna, uma sala que conta sua história centenária e um jardim extenso e digno de foto pro Instagram! O tour inclui a cave das bordalesas, na área subterrânea do casarão, onde os vinhos envelhecem em barricas de carvalho, no método tradicional. E, claro, inclui degustação de vinhos e espumantes, com direito à harmonização com queijos e chocolates.

LRM_EXPORT_97709251739034_20190128_022840290
Fachada da Vinícola Salton

Pra finalizar o pacote ‘Fascínios da Vindima’ – que dura um dia inteiro – a experiência mais contagiante para os viajantes que gostam de interação! Na vinícola Cainelli chegamos aos parreirais a bordo de um tuque-tuque (caminhão que transporta a uva) para a colheita das uvas e um merendim (lanche típico dos imigrantes italianos com queijo, copa, salame, pães artesanais, biscoitos, vinho, suco de uva e água). Depois foi a hora da tão esperada pisa das uvas! Famílias inteiras participavam, dançando em cima das uvas. Tudo com muita trilha sonora italiana tocada ao vivo. Ao mesmo tempo em que nos guiavam, os funcionários da vinícola animavam os grupos de visitantes, com muita graça e carisma.

Pose de quem ficou só assistindo o pessoal pisar nas uvas...
Pose de quem ficou só assistindo o pessoal pisar nas uvas…

 

Tapetes pelos parreirais criam o cenário perfeito pras fotos "bem turistinhas"
Tapetes pelos parreirais criam o cenário perfeito pras fotos “bem turistinhas”. Na foto estamos na Cainelli. Da esquerda pra direita: Anelise Zanoni, Surian Dupont, Eu (Andressa Griffante) e Amanda Jacobus.

SERVIÇO:

As opções de passeio disponibilizam ao turista transporte e guia de turismo inclusos e as datas de início e fim podem variar de acordo com a safra da uva. Datas e valores estão disponíveis em www.giordaniturismo.com.br ou no telefone (54) 3455.2788.

A cada estação uma nova Serra Gaúcha é descoberta, uma nova atração criada e uma nova razão pra estarmos nesse destino maravilhoso! E vocês? Já estiveram no Vale dos Vinhedos? Quem aí teve coragem de pisar nas uvas? (porque eu realmente não me animei!)

Bjos!
Andressa